Segurança de dados nas compras de Black Friday

Importada dos Estados Unidos, a Black Friday é um evento internacional que reúne ofertas e descontos de diversas lojas do comércio varejista. Em um contexto de pandemia, a expectativa é que a data seja marcada pela alta em compras realizadas pela internet, o que provocará uma grande movimentação no setor de e-commerce.

O mundo mudou e o comportamento do consumidor também. Pesquisas indicam que os cidadãos de alto e médio poder aquisitivo que não perderam seus empregos na pandemia e que possuíam o hábito de consumir em restaurantes e realizar viagens nacionais e internacionais, estão guardando suas receitas para converter em produtos em períodos como o da Black Friday.

Toda essa movimentação de hábito do consumidor é positivo para o mercado, mas quando falamos de um contexto digital e pagamentos online, também não podemos deixar de lado a questão da segurança digital de dados. Seguir os protocolos dos principais agentes financeiros a fim de se prevenir de ataques maliciosos e fraudulentos, é indispensável na hora de comprar online.

Verifique a autenticidade dos sites

Quando acessamos um site, podemos confirmar na área de link se ele se trata de uma página segura ou não. Normalmente, isto é identificado pela presença do “S” (de Security) no link https:// de uma página. Este certificado digital garante que as suas informações estão em um servidor seguro e possuí criptografia em caso de invasão ou vazamento de dados.

Muitos hackers e outros criminosos que atuam na internet, possuem a habilidade de “clonar” o visual e o layout de uma página de e-commerce verdadeira. Então é sempre importante ser crítico caso haja erros gramaticais em uma página de uma grande empresa, ou as cores não estarem de acordo com a realidade, além de qualquer item que cause suspeita de fraude.

E-mail de confirmação falsos

Normalmente, sempre que uma ação é realizada em um site de compras, toda ação é encaminhada via e-mail. Isso significa que se as informações declaradas no e-mail não batem com a plataforma de compras, é bem provável que se trate de uma fraude.

Sempre que efetivar uma compra ou qualquer ação que envolva senhas e outras formas de autenticação, o domínio do e-mail corresponda com o da loja. Por exemplo, se você uma compra na loja Vendas Criativas, o domínio do e-mail deve parecer com algo como “contato@vendascriativas.com.br” ou quaisquer variações em que o nome oficial da empresa apareça depois do @. Muitos criminosos utilizam serviços abertos para aplicar golpes, como por exemplo, “vendascriativas_01@gmail.com”. Nunca responda ou interaja de qualquer forma com e-mail sem esse tipo de autenticidade.

Senhas de cartão de crédito

É sabido que as compras de cartão de crédito no meio virtual, são realizadas somente com o número do cartão composto por 16 dígitos, data de validade, nome do titular impresso no cartão, CPF do titular e código CVV, aquele que fica na parte de trás do cartão. Nunca troque informações com sites ou atendentes que peçam a senha do seu cartão.

Este modelo de compras via cartão ainda está sujeito a fraudes. Por este motivo, é importante que não seja enviada a foto do cartão para ninguém, nem para deixar salvo no celular, que é um equipamento que pode ser subtraído e logo os dados vazados. Nenhum atendente de loja virtual deve solicitar essas informações sigilosas para efetuar as compras por você. Ao invés disso, o e-commerce deve disponibilizar uma janela segura para a inserção das informações de pagamento e finalização do processo de compra. Considere sempre os itens acima nessas horas.

Carteira digital

Um dos grandes benefícios para quem costuma comprar online, é utilizar carteiras virtuais para cria uma interface entre o seu meio de pagamento e o site ou loja virtual. Esses aplicativos que estão disponíveis para smartphones com Android e iOS, permitem que você cadastre a sua conta bancária ou cartão de crédito, débito e pré-pago para a realização de compras online de forma mais segura. Isso porque os seus dados não são diretamente expostos aos sites, anulando em 100% a possibilidade de fraude.

Quando uma compra é finalizada com uma carteira digital, a empresa que desenvolve esta ferramenta que desconta o valor do seu método de pagamento cadastrado e só após algumas etapas de segurança, o valor é liberado à loja. É como se a empresa responsável pela carteira estivesse expondo os próprios dados para as lojas, disponibilizando em seguida o valor correspondente à compra e prosseguindo normalmente com as etapas de frete e entrega.

Gostou deste conteúdo? Nossas dicas de segurança buscam alcançar todas as pessoas na promoção de uma sociedade mais cautelosa, seja nas ações reais ou virtuais.

Tem sua própria empresa? Nosso objetivo é proporcionar um avanço para seu negócio, somando valor de trabalho, eficiência e custo. Somente assim, conseguiremos estabelecer compromissos de longo prazo, com parceria e comprometimento. Para informações sobre o cenário da segurança privada, acesse nossos outros artigos clicando aqui ou entre em contato com o nosso time comercial e consulte as condições para garantir a integridade física do seu patrimônio e colaboradores. O Grupo Globalseg cuida do que é importante para você!



Comente via Facebook

Compartilhe: