O que é gravação e monitoramento em nuvem?

Gravação e monitoramento na nuvem

A gravação e monitoramento em nuvem têm estado presente cada dia mais em nossas vidas e, talvez, você nem tenha se dado conta ainda. Desde as informações que mantemos em nosso celular e estamos sempre fazendo backup com a “nuvem”, até locais mais específicos como OneDrive, Dropbox, Google Drive, iCloud e tantos outros mais.

Já na vigilância eletrônica, o sistema funciona de forma muito parecida, porém, para gravar e dar acesso aos clientes em relação às filmagens de segurança. Para ajudá-lo a compreender ainda mais esse serviço, preparamos no post de hoje uma série de características que irão fazer você virar um expert no assunto. Acompanhe com a gente!

Como funciona a gravação e monitoramento em nuvem?

Esse serviço funciona como um grande auxiliador para todas as pessoas que contratam vigilância eletrônica e possuem câmeras instaladas em suas empresas.

A nuvem irá atuar como um grande HD portátil, onde você poderá gravar e acessar suas imagens de onde quer que esteja. Com esse sistema, você poderá assistir as imagens que estarão sendo transmitidas ao vivo, mas também pode acessar datas passadas, para analisar o que ocorreu em determinado dia e horário.

Assim como os armazenamentos que você usa em seu celular e em seu computador, tudo que é gravado fica no dispositivo físico e através da conexão com a internet, ele vai sendo automaticamente carregado para a nuvem.

Qual a aplicabilidade desse sistema?

A gravação e monitoramento em nuvem é de extrema importância, uma vez que garante a proteção das imagens coletadas pelas câmeras além do seu acesso remoto de qualquer local.

Além disso, como as imagens ficam todas armazenadas na nuvem, se houver roubo ou queima do equipamento, todas suas informações estarão protegidas sem qualquer prejuízo à segurança de sua empresa.

Como esse sistema pode auxiliar minha empresa?

A gravação e monitoramento em nuvem auxilia sua empresa de diversas formas. Além de toda a segurança com os dados e imagens, como já tratamos anteriormente, ele auxilia muito a polícia a poder ter acesso mais facilmente aos seus registros, assim como sua seguradora.

Com esse sistema, você também pode criar autoridades diferentes para cada usuário, ou seja, muitos podem visualizar as imagens, outros podem baixar os arquivos e apenas poucos que tenham autoridade de apagar imagens da nuvem.

Como controlar a quantidade de material na nuvem?

O tempo de gravação e quantidade de material armazenado irá depender de dois fatores muito importantes: a capacidade contratada de nuvem e a qualidade da gravação que você fará.

Imaginando que você tenha contratado um monitoramento em nuvem com 1TB de capacidade. Se você usa câmeras de qualidade, com maior resolução de imagem, isso lhe dará maior segurança por ser mais fácil de identificar os criminosos. Em contrapartida, os arquivos de vídeos serão mais pesados e assim, caberá menos horas de gravação na nuvem.

Esperamos que tenha gostado do nosso post e que essas informações possam tê-lo ajudado a compreender mais sobre esses serviços.

Quer ficar sempre por dentro de todas as notícias e novidades do nosso canal? Então curta nossa página no Facebook e acompanhe tudo o que acontece!



Comente via Facebook

Compartilhe: