Conheça as mudanças no setor da segurança privada em meio à pandemia do COVID-19


Desde a metade do mês de março, a rotina do brasileiro esteve em transformação. Restrições na circulação de pessoas, fechamento do comércio e de empresas, distanciamento social e falta de garantias econômicas são questões que geram preocupação até hoje. O enfrentamento à intensa chegada do coronavírus no Brasil, se tornou um trabalho difícil e um desafio inédito para empresas, famílias e governo.

Como falado nos principais telejornais e portais de notícias, o grau de transmissão dessa pandemia é altíssimo e pode ser letal em grande parte da população idosa. Estudos estão sendo feitos em todo o mundo para frear a transmissão do novo coronavírus, mas até que seja fabricada uma vacina ou algum tipo de imunização, o isolamento social tem se mostrado uma medida efetiva na preservação da população. Mas de qual maneira o rompimento de algumas atividades econômicas consideradas não essenciais movimentou o setor da segurança privada?

 

Mudanças na atividade da segurança privada

De acordo com a medida provisória (nº 926/20) editada pela Presidência da República na Lei nº 13.979/20 – que dispõe sobre às medidas de enfrentamento ao COVID-19, o serviço de vigilância privada é considerada atividade essencial. Isso porque ela é necessária para a sobrevivência, saúde, abastecimento e segurança da população. Na prática, o trabalho da vigilância privada reflete diretamente no suporte à segurança de hospitais, clinicas e outros estabelecimentos comerciais também considerados essenciais. Para tanto, mudanças na rotina dos colaboradores tiveram que ser revistas e o atendimento às principais normas e medidas divulgadas pelo Governo Federal, cumpridas.

A presença de álcool em gel nos postos de trabalho, o uso adequado de máscaras pelos colaboradores, entre outras medidas complementares solicitadas pelos nossos clientes são formas de se adequar à essa nova realidade.

 

Clientes e colaboradores informados sobre a pandemia

A informação tem se mostrado uma ferramenta eficaz na prevenção do contágio do novo coronavírus. Por este motivo, é necessário que todos, clientes e colaboradores, estejam informados e prontos para seguir as recomendações oficias sustentadas estrategicamente em parâmetros técnicos, visando preservar e garantir a saúde e segurança de todos.

Pensando também na efetiva compreensão dessas medidas, o Grupo Globalseg durante este período está ampliando o acesso à essas informações, interna e externamente, na promoção do reforço da segurança. Para a empresa, isso passou de responsabilidade individual para um compromisso social, pois envolve ações de preservação do próximo.

Criamos uma newsletter exclusiva com informações e dicas de prevenção ao contágio da pandemia do COVID-19 que pode ser acessada por qualquer pessoa clicando aqui. Todos os dados são apurados e verificados, de forma que fiquem alinhados às novas publicações e medidas do Ministério da Saúde. Cuide-se, preserve-se, lave as mãos e se possível, fique em casa.



Comente via Facebook

Compartilhe: