Intensificação na limpeza e higiene em um contexto de pandemia

Com a atual crise de transmissão comunitária pelo novo coronavírus, a limpeza e a higiene são fatores indispensáveis para evitar a proliferação da doença. Desde que o Covid-19 colocou um alerta no mundo, diversas áreas como a da medicina buscam mecanismos de frear este problema e levantar soluções efetivas, ainda mais por estarem na linha de frente deste problema. Enquanto isso, outras áreas como a de terceirização de serviços levantam questões para otimizar a atividade e assim como a limpeza, garantir que as novas medidas adotadas estejam de acordo com as principais recomendações da Organização Mundial de Saúde.

Lidar com situações de vulnerabilidade em um contexto de pandemia é algo que produz incertezas e desconfianças, podendo ser enfrentada e vencida por um suporte e treinamento adequado que somente uma boa empresa terceirizada é capaz de disponibilizar. Assim como a adoção das medidas a seguir, a informação e o diálogo ainda são mecanismos efetivos no combate à doença e na proteção de clientes e colaboradores, assim como suas famílias.

 

Quais produtos devo utilizar para proteger a minha casa ou empresa?

Após o agravamento da transmissão do Covid-19 no Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) por determinação de projeto aprovado na Câmara, liberou a comercialização irrestrita do álcool líquido em grau 70% que é comumente utilizado em hospitais e clínicas pelo alto poder de combate à bactérias e outros microrganismos que podem infectar pacientes com baixa imunidade.

De acordo com pesquisadores e químicos, o álcool líquido do tipo etílico que está sendo vendido ao consumidor individual pelo prazo máximo de 90 dias, em função de suas concentrações é considerado um excelente germicida. Sua efetividade se dá pela capacidade de interromper o ciclo necessário para uma bactéria sobreviver em determinado ambiente.

Outro agente eficiente no combate ao coronavírus é a água sanitária, produto bastante utilizado em ambientes corporativos, assistenciais e em residencias. Assim, como o álcool, a água sanitária possui algumas multifuncionalidades que vai desde a limpeza de chão e superfícies até roupas e alguns alimentos, como frutas.

No entanto, o uso desses produtos pede atenção. Durante a aplicação em superfícies, deve-se utilizar luvas, máscaras e até óculos de proteção devido ao seu reagente liberar um forte cheiro que não deve ser mantido exposto por muito tempo. Em caso do produto ter contato com olhos, boca ou pele, a região deve ser lavada com água e sabão imediatamente. Caso haja a ingestão do produto, deve-se procurar atendimento médico o quanto antes.

Como evito a transmissão a partir da higiene pessoal?

A limpeza constante de ambientes, embora efetiva, não é capaz de barrar a transmissão de doenças sozinha. Aliado às medidas acima, a lavagem constante das mãos com água e sabão deve ser adotada por todos. Nosso corpo também é um transmissor em potencial, justamente pela fácil atração que microrganismos tem por materiais biológicos. Desta forma, o cuidado e atenção não deve se limitar à casa ou qualquer outro ambiente.

Aqui no Grupo Globalseg, estamos comprometidos com a informação e suporte à todos os nosso clientes e colaboradores, e por este motivo, criamos um canal aberto de informações que pode ser acessado por todos durante este momento de pandemia. Para se manter informado e conhecer as principais medidas de segurança recomendadas pela Organização Mundial de Saúde e também o Ministério da Saúde, é só clicar aqui.



Comente via Facebook

Compartilhe: