Investigação de ocorrências: como funciona na segurança privada

investigacao de ocorrencias

Por mais que trabalhamos para minimizar o número de ocorrências, infelizmente, elas ainda podem acontecer. Por isso, é importante estudar os fatos acontecidos para que eles não possam se repetir. Uma das atitudes que pode ser tomada é a investigação de ocorrências. Deste modo, será possível entender melhor o que aconteceu e os motivos.

A investigação de ocorrências é necessária, por isso, vamos te explicar um pouco mais como funciona. Assim, você pode verificar os fatos negativos e evitar que eles aconteçam novamente.

Continue a leitura e conheça melhor a investigação de ocorrências.

Por que devo investigar?

Existem várias razões para que você faça a investigação de ocorrências na sua empresa. O primeiro é esclarecer os fatos, com isso, é possível saber o que aconteceu com mais precisão, evitando qualquer tipo de boato ou injustiça. Outra função é a de identificar quais são os responsáveis para que eles possam ser devidamente responsabilizados.

Com a investigação de ocorrências é possível conhecer, detalhadamente, o fato. Assim, podem surgir alterações no plano tático ou nas diretrizes de segurança para que situações assim não se repitam. Em casos de furtos, uma boa averiguação pode ajudar a polícia e dessa maneira diminuir os prejuízos.

O que devo saber antes de investigar?

É necessário compreender que toda a investigação é baseada em princípios básicos. Dessa forma, deve-se assegurar que tudo seja feito da maneira mais correta e transparente possível para evitar qualquer tipo de complicação. Vale lembrar, que a investigação de ocorrência deve ser realizada com cuidado, respeitando todos os funcionários da organização.

Os princípios básicos para as buscas devem ser baseados na moralidade, legalidade e deve ser impessoal e baseada na segurança das informações coletadas. Antes de começar é primordial possuir um planejamento para escolher os meios para abordagem das pessoas que serão ouvidas.

Como fazer a investigação de ocorrências?

A apuração dos fatos pode ser feita de diversas maneiras, contanto que não desrespeite os diretos dos funcionários da empresa. Normalmente, as formas mais utilizadas são as entrevistas com pessoas, averiguação da imagem do CFTV, checagem de documentos e registros que possam conter informações de alta relevância para o caso. Outra maneira é montar campana em locais estratégicos para observar a movimentação e a existência de alguma atitude suspeita.

Quem é responsável por investigar?

Não existe uma regra que mostra quem é o responsável pela investigação de ocorrências no setor privado. Em grande parte das vezes é realizado pela própria organização. Em alguns casos, pode ser feito por uma empresa especializada em investigação particular. Há situações em que as buscas por informações são feitas em conjunto.

Agora você sabe como averiguar as ocorrências da sua empresa para evitar que elas se repitam. É importante ressaltar que em caso de furtos, essa investigação não substitui a feita pela polícia e pode funcionar apenas como um complemento. Ela deve ser feita apenas no ambiente empresarial, respeitando os direitos básicos e fundamentais dos funcionários.

Gostou? Deixe seu comentário abaixo e não esqueça de compartilhar com seus amigos nas redes sociais.



Comente via Facebook

Compartilhe: